4 Melhores pontos turísticos de Lisboa

Lisboa, a capital de Portugal, é uma cidade rica em história, cultura e beleza natural. Com tantos lugares para visitar, é difícil escolher os melhores pontos turísticos.

Por: Turismo Penha

1. Praça do Comércio

A Praça do Comércio, também conhecida como Terreiro do Paço, é o coração de Lisboa. Situada na margem do rio Tejo, a praça é um dos lugares mais emblemáticos da cidade. Foi construída no século XVIII, após o terremoto de 1755, e é um exemplo da arquitetura pombalina.

Na praça, você pode visitar o Arco da Rua Augusta, um arco triunfal de estilo neoclássico, e o Museu da Cidade, que conta a história de Lisboa. Também é um ótimo lugar para relaxar e apreciar a vista do rio.

2. Torre de Belém

A Torre de Belém é um dos monumentos mais famosos de Portugal. Construída no século XVI, a torre foi um símbolo do poder marítimo de Portugal durante a era das grandes navegações.

A torre fica localizada no bairro de Belém, a cerca de 20 minutos do centro de Lisboa. Pode ser visitada por dentro, onde você pode ver as exposições sobre a história da torre e o seu papel nas grandes navegações.

3. Mosteiro dos Jerónimos

O Mosteiro dos Jerónimos é outro importante monumento de Lisboa. Construído no século XVI, o mosteiro é um exemplo da arquitetura manuelina, um estilo artístico que combina elementos do gótico, do renascentista e do oriental.

O mosteiro fica localizado no bairro de Belém, junto à Torre de Belém. Pode ser visitado por dentro, onde você pode ver as obras de arte, a capela e o claustro.

4. Castelo de São Jorge

O Castelo de São Jorge é uma das atrações mais antigas de Lisboa. Construído no século IV, o castelo é um dos mais bem preservados castelos medievais da Europa. O castelo fica localizado na colina de São Jorge, no centro de Lisboa. Pode ser visitado por dentro, onde você pode ver as muralhas, as torres e as cisternas.

Esses são apenas alguns dos muitos pontos turísticos de Lisboa. Se você tiver mais tempo, não deixe de visitar outros lugares, como o Oceanário de Lisboa, o Bairro Alto, o Parque das Nações e o Museu Gulbenkian.

Ver Artigo Completo